HIPNOSE E HIPNOTERAPIA… O QUE É… PARA QUE SERVE? (Parte 1/3)

O que é a Hipnose?

A hipnose é um fenómeno natural da nossa mente que experimentamos várias vezes ao dia, quando por exemplo estamos a ler um livro, ou a guiar por um caminho conhecido de tal forma concentrados que nos desligamos da realidade exterior.

Usada clinicamente, a hipnose é induzida por um terapeuta que leva a pessoa, através de sugestões, a fechar os olhos, a relaxar o seu corpo, acalmar a sua mente, mudando o foco de atenção do exterior para o interior.  O corpo fica tão descontraído e letárgico que parece estar a dormir.  Mas a verdade é que a pessoa hipnotizada não está a dormir.

A mente fica bem desperta (por vezes bem mais alerta do que o normal do dia a dia) e a pessoa está totalmente em controlo do que diz e faz. Não dirá ou fará algo que não queira ou que seja contra o seu sistema de convicções.

Quando desperta, a pessoa lembra-se do que se passou, tal como numa conversa normal em que se recordam as partes mais importantes e relevantes da mesma.

Hipnoterapia

Hipnoterapia significa fazer terapia sob hipnose.

Quando uma pessoa entra num transe hipnótico, fica relaxada, tranquila, e os sentimentos de calma e de segurança vão-se instalando. O lado analítico, a voz crítica, o lado racional da pessoa, vai aos poucos ‘desligando’ porque não está a ser solicitado, não precisa de estar ativo. Ao confiar no terapeuta, a pessoa não tem que estar ‘na defesa’. Assim permite-se relaxar e, sentindo-se segura, vai aceitar as sugestões ou indicações que o terapeuta der.

Sob hipnose sentimos uma calma intensa. A mente fica mais tranquila e serena e conseguimos ter insights (uma visão nova e mais clara) sobre os assuntos da nossa vida.  Sob hipnose podemos experimentar um estado de intimidade incrível. Entramos em contacto com o que verdadeiramente somos e sentimos.

A Hipnoterapia é extremamente eficaz na cessação do hábito de fumar. Também é benéfica na cessação de outros hábitos indesejados (parar de roer unhas ou de comer compulsivamente) bem como numa grande variedade de casos clínicos, que normalmente resultam de estados de ansiedade.

Problemas psicológicos como fobias, ataques de pânico, estados depressivos (mas não depressões profundas), disfunções psico sexuais ou ansiedade de performance, falta de concentração, baixa auto estima, baixa autoconfiança, stress, rendimento desportivo e intelectual; etc.

Problemas fisiológicos como tiques, perturbações do controlo alimentar, controlo de peso, síndrome do cólon irritável, asma, alergias, controlo da dor, problemas dermatológicos, zumbido, enurese noturna etc.

Quais são os problemas mais comuns que a hipnose pode ajudar a resolver?

Tem excelentes resultados em sintomas causados por estados de ansiedade tais como:

fobias, pânico, ansiedade de desempenho,

problemas gastrointestinais e dermatológicos, asma;

hábitos indesejados como fumar, roer unhas;

controlo de estados de dor;

problemas de auto estima, autoconfiança.

Deixe uma resposta